ESTREIA DA PEÇA SEVERINA DO GRUPO CLARIÔ DE TEATRO

Severinas clario
O Grupo Clariô de Teatro nos presenteia com o novo espetáculo, dedicado ao saudoso diretor Mário Pazini e inspirado na obra "Morte e Vida Severina", de João Cabral de Melo Neto.

UM BRAVO CANTO PARA DESATAR OS PERVERSOS NÓS

um bravo canto

O poeta de cordel e contador de histórias, Tranquilino Soares, seleciona sete poetas populares e, a partir de seus poemas, convida o público para uma reflexão sobre a perversidade que a elite e os seus representantes do poder público vêm, com apoio da mídia e da Justiça.

FESTA DE LANÇAMENTO DACOLEÇÃO DE ERROS

festa colecao erros

A Brava Companhia apresenta ao público sua Coleção de Erros – material produzido como registro histórico de sua pesquisa artística, e forma de compartilhamento dos estudos, experiências e erros da Companhia ao longo de sua trajetória.

ENCONTRO O PROBLEMA É NOSSO APRESENTA: A FESTA!

encontro problema nosso

A peça promete fazer repensar sobre as prioridades da vida, uma crônica bem humorada do cotidiano pós-moderno, uma espécie de síntese dos valores (ou falta deles) no período em que vivemos.

ENTERREM MEU CORAÇÃO NA CURVA DE UM RIO

enterrem meu coração

Compilação de histórias, lendas e canções rituais dos ancestrais indígenas sobre a rica tradição oral de seu povo.

SÃO JORGE MENINO - Outubro 2015

sao jorge menino

Esta peça narra a história de um menino que é confundido com a figura do santo. A partir daí inicia-se uma caminhada por vários espaços em que ele passa por momentos de alegria e tristeza: luta com dragões, tenta salvar a Mariela, presa no alto de um edifício e descobre o amor.

10 Anos de trabalho e de luta: Os Crespos e Cia Humbalada

Os Crespos

A proposta do segundo semestre de 2015 consiste em focar na multiplicidade estética e na transversalidade dos temas abordados por grupos de diferentes regiões da cidade. Apresentando trabalhos que unem a contundência do discurso social e/ou racial.

JÁ NASCEMOS MORTOS...

ja nascemos mortos

A peça traz depoimentos e notícias de assassinatos de homossexuais como ponto de partida de sua narrativa, utiliza elementos da dança e do teatro como forma de um manifesto poético em memória das vítimas da violência.

VAI TE CATAR! – SETEMBRO 2015

Vai te Catar

Espetáculo solo com a atriz e MC Roberta Estrela D’ Alva traz em cena uma atriz, um microfone e um tapete imaginário, que embaixo dele são reunidos cacos, sujeiras, estilhaços de histórias e fantasias e diversos fragmentos de vida. Experiência inédita de “spoken word” (poesia falada).


Edições anteriores
Envie seu evento
Conheça nossos pontos de distribuição
Quem Somos
Entre em contato
Marca da Agenda
Expediente
                       
               Patrocínio Apoio Realização
     
logo casasbahiaviavarejo Fundação Casa  Itaú Cultural