CIA DUAL - INVENÇÃO DO SERTÃO

ALICIA PERES 02 site
A série virtual acontece de 19 a 28 de agosto e traz convidados de diversas áreas para propor modos de compreender o sertão, tema de pesquisa da Cia. Dual. A atividade é gratuita e os interessados podem fazer sua inscrição pelo site da companhia, entre os dias 8 e 19 de agosto.

 

A INVENÇÃO DO SERTÃO

19/ago (quarta) | 21h - Luís Alberto de Abreu
Neste encontro, o dramaturgo e roteirista Luís Alberto de Abreu propõe refletir sobre os sertões  que são inventados pelas lógicas do Sudeste do Brasil, carregados principalmente de racismos e preconceitos; mas também sobre os sertões que se inventam, a partir de sistemas próprios: sistemas estéticos, simbólicos, gramáticos, imagéticos.

A DESAFRICANIZAÇÃO DO SERTÃO

21/ago (sexta) | 21h - Salloma Salomão

Neste encontro, o músico, ator, escritor e educador Salloma Salomão instiga a reflexão e o aprofundamento da questão do apagamento das contribuições das diásporas africanas na construção cultural do ideário dos sertões. 

O encontro propõe trazer à tona temas pouco discutidos, e até mesmo invisibilizados na história do Brasil, ampliando as referências, o olhar crítico e a reflexão dos participantes; e assim promover discussões para além dos discursos hegemônicos.

COMO VIVER EM BANDO? Gestão, Produção e Coletividade nas Artes da Cena

24/ago (segunda) | 21h - Mariana Barbosa Pimentel
O encontro com a artista da dança, gestora e produtora cultural Mariana Barbosa Pimentel propõe refletir sobre a economia alternativa e a gestão coletiva nas artes da cena, a partir de movimentos insurgentes como o cangaço e o quilombo dos Palmares. A ideia é discutir modos de produção, gestão e coletividade que apresentam perspectivas originais e inspiradoras em contraposição à lógica institucional (por um lado) e bárbara (por outro lado, relacionada aos modos de produção mainstream, que em geral lidam com discursos e formas superficiais, mas que alcançam investimentos e se mantêm no poder).

MATANDO A FOME NO SERTÃO - ou Como Preparar uma Jacuba?

26/ago (quarta) | 21h - Aline Macedo Silva Araújo 

O encontro com a gastrônoma e professora Aline Araújo, PhD em Patrimônios Alimentares,  percorre a obra Grande Sertão: Veredas, de Guimarães Rosa, para refletir sobre comida, comensalidade, modos de preparar os alimentos e modos de comer na perspectiva sertaneja, e o quanto estes aspectos culturais revelam sobre as identidades da população. 

[EN]CANTOS DE FESTA, DE GUERRA E DE FÉ

28/ago (sexta) | 21h - Flávia Teixeira, Mônica Augusto, Rosa Reis e Luana Bayô 

Nesse último encontro da série, a ideia é visitar paisagens, imagens, memórias, identidades e modos de ser sertanejos por meio dos cantos. O encontro também propõe pensar os sertões nas suas experiências de festa, de fé e de guerra. As artistas Flávia Teixeira, Mônica Augusto, Luana Bayô e Rosa Reis farão uma curadoria de cantos para (en)cantar essas histórias, essas invenções.


SERVIÇO

Ciclo de Encontros “A Invenção do Sertão”

19 a 28 de agosto | Gratuito

Inscrições: 8 a 18 de agosto pelo www.ciadual.wordpress.com

Vagas limitadas: 100 participantes por encontro

Duração (por encontro): 120 minutos

Recomendado para maiores de 16 anos

Público de interesse: artistas, historiadores, antropólogos, pesquisadores e estudantes de artes e de culturas tradicionais e populares brasileiras


Edições anteriores
Envie seu evento
Conheça nossos pontos de distribuição
Quem Somos
Entre em contato
Marca da Agenda
Expediente
                       
               Patrocínio Apoio Realização
leirouanet siteagenda    logoitau siteagenda  
logoims siteagenda logoitaucultura siteagenda  
 logogovfederal siteagenda