A MISSÃO EM FRAGMENTOS: 12 CENAS DE DESCOLONIZAÇÃO EM LEGÍTIMA DEFESA

Legitima chuva
O Legítima Defesa é um grupo de artistas, atores e atrizes de ação poética e política, que discutem a imagem da negritude, seus desdobramentos sociais históricos e reflexos na construção da “persona negra” no âmbito das linguagens artísticas.

O grupo foi formado a princípio por atrizes e atores negros que faziam parte do elenco de Exhibit B, do sul-africano Brett Bailey, que investigava a exploração na África colonial e pós-colonial, e foi contestado por movimentos negros do Brasil. Depois que o espetáculo foi cancelado por razões orçamentárias, os envolvidos decidiram, sob a direção de Eugênio Lima, idealizar a performance poético-política  Em Legítima Defesa, apresentada na MITsp 2016. Em A Missão em Fragmentos: 12 cenas de descolonização em legítima defesa, 15 performers negros, atores, atrizes, músico, DJ e diretor, estão em cena. Diferentes autores são utilizados no espetáculo, no intuito de confrontar, articular e reafirmar outras visões e paradigmas. O grupo propõe a necessidade de alterar o narrador e também a narrativa, assim como a maneira de contá-la. Defende a descolonização e a voz dos mortos, já que as causas que os mataram estão vivas. Diretor: Eugênio Lima. Elenco:Eugênio Lima, Walter Bathazar, Gilberto Costa, Luz Ribeiro, Junior Cabral, Mawusi Tulani, Jhonas Araújo, Renato Caetano, Palomaris Mathias, Tatiana Rodrigues Ribeiro, Nádia Bittencourt, Thereza Morena, Fernando Lufer, Luiz Felipe Lucas e Luan Charles.

Dias 17 e 18/03 (sexta-feira e sábado) e 19 (domingo, 18h)

Auditório Ibirapuera – Oscar Niemeyer

Avenida Pedro Álvares Cabral, s/nº - Parque do Ibirapuera

Entrada R$20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). (11) 3629-1075


Edições anteriores
Envie seu evento
Conheça nossos pontos de distribuição
Quem Somos
Entre em contato
Marca da Agenda
Expediente
                       
               Patrocínio Apoio Realização
     
logo casasbahiaviavarejo Fundação Casa  Itaú Cultural