DIA DO GRAFITTI - 2018

FOTO MELL GONCALVES.GCOMP

Comemorado no dia 27 de março, o Dia do Grafitti é celebrado com exposições, debates e apresentações no Espaço Cultural Periferia no Centro.

 

Sala de exposição – Espaço Cultural Periferia no Centro

“Por Trás dos Muros”

As fotógrafas Mell Gonçalves e Bela Gregório visitaram os processos de criação dos vinte coletivos que fazem parte do grupo curatorial responsável pelo Dia do Graffiti, realizado pela Ação Educativa.

[Fotos com créditos]

Abertura: terça-feira (27/03), às 19h.

 

Programação completa

 

Ciclo de debates

Segunda, 26/03

16h - O Fórum de Graffiti e os rumos do diálogo com a Prefeitura

No bojo da polêmica instaurada pelo prefeito João Dória no início de 2017, foi criada pela Prefeitura uma comissão de arte urbana da qual muitos/as grafiteiros/as vieram a integrar num gesto de disposição ao diálogo. Passado um ano de discussões, a comissão se esvaziou e foi criado o Fórum de Graffiti, composto somente pela sociedade civil mantendo a comunicação com o poder público. A mesa fará um balanço desse processo de negociação apontando caminhos para a discussão de políticas públicas para o graffiti na cidade de São Paulo.

Debatedores/as: Mauro Neri, Celso Gitahy e Thiago Bender.

Mediação: Sócrates Magno

 

FOTO MELL GONCALVES2.GCOMP19h30 - Graffiti e arte-educação

Antes de enveredar pelas galerias e outros espaços institucionalizados, o graffiti ampliou sua presença na educação não formal. Muitos/as grafiteiros/as se tornaram arte-educadores/as. Espaços como centros de atendimento em medida socioeducativa, fábricas de cultura, além de projetos sociais de organizações nas periferias são oportunidades de trabalho educativo para os/as artistas de rua. O segmento da arte-terapia, os cursos livres também em ateliês abertos e em instituições como o SESC constituem outro campo importante de ensino da arte urbana. Esta mesa se propõe a fazer uma reflexão sobre o ofício de ensinar a arte de grafitar nos diversos contextos.

Debatedores/as: André Firmiano, Hélio Oscar Schonmann e Victor Rodrigues

Mediação: Eleilson Leite

 

Terça-feira, 27/03

16h – Graffiti e a paisagem urbana

Presente na Cidade de São Paulo desde a década de 1970, o graffiti se fortaleceu nos anos 80 pela atuação de inúmeros coletivos de arte urbana e se expandiu pelas periferias por meio da cultura hip hop nos anos 90. A virada do milênio marcou a consolidação dessa arte na paisagem urbana da capital paulista. Discutir os limites e possibilidades do graffiti e outras linguagens na composição da paisagem urbana será o objetivo desta mesa.

Debatedoras: Nene Surreal, Ana Clara, Regina Monteiro (a confirmar)

Mediação: Letícia Rey

 

19h – Coquetel e abertura da exposição “Por Trás dos Muros”


20h – Apresentação musical, com DJ Odara Kadiegi e Sydney Valle (Palhinha) e 4+


Edições anteriores
Envie seu evento
Conheça nossos pontos de distribuição
Quem Somos
Entre em contato
Marca da Agenda
Expediente
                       
               Patrocínio Apoio Realização
     
 Fundação Casa  Itaú Cultural