Pequeno Princípe Preto: Espetáculo infantil faz crianças e adultos negros sonharem que são reis e rainhas

48404549 2166220227039833 4633808097888960512 n

“Eu passo mais tempo abrançando o público pós-espetáculo do que em cena”. O espetáculo Pequeno Princípe Preto já levou mais de cinquenta mil espectadores, em pouco mais de um ano. Para Junior Dantas, intérprete do princípe, a  recepção do público indica que o a presentação é mais do que um sucesso, é praticamente uma necessidade, um conforto para crianças, jovens e adultos brasileiros. O espetáculo, que já circulou o Brasil, está rodando o estado de São Paulo, e no dia 2 de novembro tem a última apresentação do mês no capital paulista.

A história que serviu de uma inspiração para Dantas montar o espetáculo nasceu após ele ouvir um “não”. “Quando eu era criança (nasci em Ipueira, sertão do Rio Grande do Norte), uma professora disse que eu não podia fazer o personagem do pequeno princípe porque eu era negro”. Para o ator, por muito tempo foi difícil imaginar pessoas negras como símbolos positivos, como merecedoras de destaques, o sucesso do espetáculo dialoga com esse sentimento.

“As crianças saem do espetáculo acreditando que podem ser e fazerem o que quiserem. Os pais me perguntam porque, quando eles eram crianças, não existiam peças como essas”. O espetáculo, explica o ator, fala sobre a beleza e riqueza do povo negro, coisa simples, mas que algumas crianças negras crescem e tornam-se adultas sem nunca teriam ouvido isso, seja na escola, seja em casa.
72954495 2380457135616140 859739430594805760 n
Escrito e dirigido em parceria com Rodrigo França, o Pequeno Princípe Preto coloca o personagem principal em um universo bem diferente da história de Saint-Exupéry, a perspectiva do texto é o olhar do homem negro. Ao invés de ter que lutar contra a árvore que nasce em seu planeta, o princípe preto tem essa árvore como sua melhor amiga e saí espalhando as sementes dela, que representam o amor e empatia, por outros planetas.

Com música originias de João Vinicius Barbosa, diretor musical, a peça é um espetáculo musical com projeções, danças. Dantas explica que inicialmente havia uma certa preoupação em como fazer um monólogo que tratasse da questão racial, da valoriza da cultura africana e brasileira, sem deixa de ser uma peça infantil. “O resultado foi uma apresentação lúdica que chama a presença de crianças, de país e avós’.

Dantas revela que desde o início do espetáculo havia o desejo de fazer uma trilogia fazendo com outros textos infantis o mesmo feito com o Pequeno Princípe. Ainda em fase inicial, a expectativa é iniciar um novo espetáculo em 2020.


Edições anteriores
Envie seu evento
Conheça nossos pontos de distribuição
Quem Somos
Entre em contato
Marca da Agenda
Expediente
                       
               Patrocínio Apoio Realização
     
 Fundação Casa  Itaú Cultural