Coco da Caxixi: Família Irmãos Unidos apresenta o coco de roda pernambucano

FIU 1



A apresentação de “Coco do Caxixi” foi um dos momentos que marcou e garantiu o espaço da cultura nordestina no Encontro Estéticas das Periferias 2018. O tradicional grupo de capoeira “Família Irmão Unidos” (FIU) apresentou o resultado do trabalho de contato e pesquisa do coco de roda pernambucano.


A agenda da Periferia conversou Natalia Dias, umas das integrantes do FIU. Ela contou como se deu o contato com o coco pernambucano, a importância de ter participado, pela primeira vez do Estéticas das Periferias, além de falar um pouco sobre a relação da capoeira com a periferia e da história do “Família Irmãos Unidos”.


Como foi ter participado do Encontro Estéticas das Periferias 2018?

A participação foi incrível pois o convite nos afirma que estamos no caminho certo sobre  o trabalho cultural e, que a comunidade nos reconhece. De fundamental importância tendo em vista nossa condição social e política até hoje e a diante, cada evento, cada espaço e cada pessoas que puder ouvir, ver e viver será um ponto de resistência da história e preservação da cultura popular.


De onde surgiu o interesse por pesquisar o Coco de Roda de Pernambuco? E por quê a “paixão especial” pelo Coco de Caxixi?

Surgiu pela contramestra Natalia, que teve seu primeiro contato com Mesquita QLC, na sua aula de ritmo em 2012. Esse interesse a levou a estudar no brincante pra entender como ensinar ritmo, e a alfaia foi a paixão no curso.  Desde então como modo de pesquisa a FIU vem implementando e mostrando aos amigos um pouco do foi aprendido. O coco do caxixi surgiu da necessidade de um nome para se apresentar e como, o caxixi é um instrumento especial no nosso coco ( porque ele substitui o ganzá) resolvemos homenagea-lo .

 

Conte um pouco da história da “Família Irmãos Unidos”

Somos um grupo familiar herdado pelo pai, Natalino Dias da Cruz, fundador e mestre. Nosso escola tem o princípio básico de disseminar a capoeira juntamente com as diversas danças da cultur popular, levando toda a carga histórica, ancestral e de alegria de um povo.

 

Capoeira é arte ou esporte? É as duas coisas?

Sim, acredito que mais, cultura principalmente, das artes a mais completa (minha opinião) engloba música, artesanato, movimento corporal e diversas outras...


Edições anteriores
Envie seu evento
Conheça nossos pontos de distribuição
Quem Somos
Entre em contato
Marca da Agenda
Expediente
                       
               Patrocínio Apoio Realização
     
 Fundação Casa  Itaú Cultural